Restaurar é, na minha opinião,fazer com que uma peça qualquer ,seja um móvel, uma antiguidade ,ou um objeto de decoração readquira sua aparência original .Porém esta "aparência original" não significa que a peça em questão vá ficar com aspecto de nova,mas de inteira e bem conservada.As marcas que o tempo e o uso deixaram na peça devem ser preservadas para mostrar exatamente sua história dentro do contexto em que foi usada.
Mudar detalhes estéticos, deixa de ser restauração e tira a identidade da peça .

.

Se você precisar de informações ou dicas sobre o assunto ,envie um e-mail ,para que eu possa te orientar. As perguntas feitas na seção"comentários" às vezes se perdem na hora da resposta.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Laqueação de móveis


Uma leitora solicitou dicas sobre como laquear móveis .
É um trabalho que não gosto de fazer ,e realmente fiz pouquíssimas vezes por insistência de clientes .
Penso que a laqueação é um processo de acabamento que pode ser utilizado para valorizar um móvel de baixa qualidade ,pois serve para qualquer tipo de madeira ,por pior qualidade que tenha .Até MDF pode ser laqueado .
Já houve época em que esse tipo de acabamento era moda , e todos tinham móveis laqueados em casa .Era um simbolo de status e poder aquisitivo .
As coisa mudaram ,mas laqueação continua sendo uma coisa cara por envolver um processo demorado ,trabalhoso e cansativo .
Normalmente se cobra pela laqueação o dobro de uma pátina ou uma pintura qualquer .
O processo é o seguinte :
Primeiro lixa-se bem a peça a ser laqueada.
Depois passa-se massa de madeira em toda a peça para conseguir uniformidade .
Lixa-se novamente,após a massa secar ,com lixa fina ate´perceber que a superfície está totalmente lisa .
Em seguida passa-se cinco ou seis demãos de tinta na cor escolhida ,podendo ser esmalte ou tinta automobilística .
Este processo vai consumir entre três e quatro dias devido ao tempo necessário para a secagem da tinta .
Em seguida passa-se quatro a cinco demãos de verniz brilhante ou acetinado (se você usar tinta automobilística,deve usar o verniz automobilístico também) ,deixando cada demão secar por vinte e quatro horas .Mais quatro ou cinco dias de espera .
Depois é só polir o móvel e estará pronto.
Um detalhe : este processo só ficará bem feito se a tinta for aplicada com pistola e compressor .Rolinho ou pincel fazem um serviço de baixa qualidade .
A grande vantagem da laqueação é a incrível resistência da pintura em relação a choques e raspadas .Fica um acabamento duro e resistente e de fácil limpeza .Porém qualquer profissional que faça este serviço vai cobrar caro,normalmente acima do esperado pelo cliente .
Eu pessoalmente não aprecio ,mas muita gente gosta e tem em casa diversos móveis laqueados.
Outro detalhe : quando ocorre um acidente ,um risco ou uma mancha ,por exemplo , fica difícil fazer retoques e deixar a área consertada com o mesmo tom de cor e brilho do resto da peça .
É isso .

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Mesa renovada

Esta mesa,feita de uma madeira muito forte estava meio sem vida na sala de estar de uma cliente .Foi solicitada uma nova pintura para renovar a aparência da peça .





Foi feita essa pintura em três cores ,que mudou bastante o aspecto da mesa .



O verde e o vinho ,utilizados foram escurecidos para dar sobriedade à peça,e o amarelo se contrapoe para não permitir um aspecto de monótono .

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Restauração e envelhecimento

Estes dois móveis foram restaurados ,pintados e envelhecidos para adquirirem seu aspecto de antigos mas de forma a durarem mais algumas décadas .
O maior foi usado pela família da proprietária como "guarda comida " por sessenta e oito anos aproximadamente , e o menor é uma sapateira com "apenas " quarenta e cinco.
Infelizmente ,por um problema técnico em minha câmera ,perdi as fotos tiradas antes da restauração .



O guarda comida estava com sua estrutura comprometida e foram feitos reforços ,e trocadas algumas partes da madeira que haviam se estragado por causa de umidade .
A tinta original ,ou o que restou dela, foi totalmente retirada ,e foram aplicadas duas demãos de tinta cor marfim .Após lixar, para recuperar o aspecto de envelhecido, foram aplicadas duas demãos de verniz fosco .



Como a madeira das portas estava com pequenas rachaduras ,foi mais fácil manter a aparência de antigo .As rachaduras não foram cobertas com massa,mas deixadas como estavam para não perder a originalidade da peça.




O interior não era pintado ,então foi dada uma mão de tinta mas sem lixar .





A sapateira era envernizada e seus pés estavam um pouco estragados .Foram colocados ,entaõ estes pés arredondados a pedido da proprietária .


Como o interior não estava sujo ou estragado ,optou-se por deixa-lo sem pintura .




A sapateira que era originalmente envernizada ficou assim,para fazer par com o guarda comida .

sábado, 15 de janeiro de 2011

sábado, 8 de janeiro de 2011

Cromar ou pintar ?


Uma leitora do blog me pediu orientação sobre um dilema .
Ela tem um castiçal de mesa com lugar para três velas ,bastante enferrujado ,pois estava guardado a mais de vinte anos num porão onde existe umidade .
Parte da cromação foi tomada pela ferrugem ,e ela levou a peça para orçar um novo banho de cromo, mas levou um susto com o preço pedido pelo serviço.
Pensou então em pintar a peça e solicitou minha opinião via e-mail .
Então sugeri nem pintar nem cromar,mas fazer as duas coisa com um único produto .
Existe uma tinta em spray da Colorgin que imita cromação .A peça fica como se tivesse sido cromada a algum tempo, ou seja o brilho não é exatamente igual à cromação original ,mas fica bem próximo.
Porém ,este produto não pode ser aplicado a peças que sejam muito manuseadas , pois o contato com as mãos faz com que a tinta se desgaste muito rapidamente .
Também não é possível envernizar a peça para proteger a pintura ,pois a reação do verniz sobre a tinta faz com que ela se modifique e perca a aparência de cromada.
Como o castiçal vai apenas decorar um buffet, esse detalhe não deve ser levado em conta .
Existe uma tinta parecida com essa ,fabricada nos Estados Unidos da América ,que tem uma duração bem maior e que aceita aplicação de verniz ,porém não existe à venda no Brasil .Uma vez comprei dois tubos desta tinta que duraram uns tres anos pois fiz pouco uso ,mas quando acabaram não encontrei no mercado brasileiro .A tinta da Colorgin é muito boa para peças pequenas que não sofrerão manuseio .É facil de aplicar e seu preço é condizente com sua performance .
Esta pessoa utilizou o produto em seu castiçal ,e me disse que a peça ficou ótima ,e que não gastou mais de quinze minutos entre lixar e pintar .