Restaurar é, na minha opinião,fazer com que uma peça qualquer ,seja um móvel, uma antiguidade ,ou um objeto de decoração readquira sua aparência original .Porém esta "aparência original" não significa que a peça em questão vá ficar com aspecto de nova,mas de inteira e bem conservada.As marcas que o tempo e o uso deixaram na peça devem ser preservadas para mostrar exatamente sua história dentro do contexto em que foi usada.
Mudar detalhes estéticos, deixa de ser restauração e tira a identidade da peça .

.

Se você precisar de informações ou dicas sobre o assunto ,envie um e-mail ,para que eu possa te orientar. As perguntas feitas na seção"comentários" às vezes se perdem na hora da resposta.

domingo, 20 de janeiro de 2013

Relógio recuperado de enchente.

Este relógio é um Gustav Becker,de parede, com pouco mais de cem anos,e com uma história impressionante .
Era da avó de sua atual proprietária ,que o trouxe de Florianópolis para a restauração .
Na última e catastrófica enchente em Santa Catarina, este relógio estava numa das cidades vitimadas , e permaneceu durante cinco dias debaixo d'água com os demais móveis da casa da avó.A casa foi completamente inundada ,e não foi possível resgatar nada, pois os moradores saíram para salvar suas vidas
Obviamente sofreu danos e quase se desmanchou todo,mas por ser feito com materiais de qualidade ,nenhuma de suas partes foi destruída

Este cavalinho é o enfeite superior da peça .Feito de argila escapou de se desmanchar ,mas teve seu rabo quebrado.

As peças soltas formaram um interessante quebra cabeças .Felizmente minha cliente lembrava como era o relógio e me orientou sobre como remontá-lo

Este é o bordão ,que dá o som do relógio.Tem ferrugem ,mas nada que comprometa sua função.

A máquina também está com ferrugem em algumas partes .Felizmente a maior parte das engrenagens é feita de uma liga de latão ou bronze .Um especialista, em relógios antigos,de Florianópolis, já analisou a peça e percebeu que poderá fazê-lo funcionar como antes da enchente.

Depois de montado ,lixado e finalmente envernizado ,voltou a ter o aspecto original.

O cavalinho foi restaurado e recebeu uma pintura imitando bronze velho.Ficou bem melhor.

Esta foto ficou um pouco desfocada ,mas dá para se perceber que o mostrador e o pêndulo estão em ótimo estado.

Felizmente os vidros laterais e o da frente não se quebraram .Só foi necessário limpá-los .

domingo, 6 de janeiro de 2013

Ano novo ,telefone antigo.

Este antigo telefone americano,da marca KELLOGG, estava meio largado na casa do irmão de meu cliente ,que o comprou e trouxe para restauração
A madeira estava bastante escura , falta uma das campainhas e o fio original foi substituido por um cordão branco
O bocal onde se falava está perfeito.É feito de baquelite e aço.
Esta plaqueta mostra a marca do antigo importador brasileiro
Embora não esteja mais funcionando, seu interior está completo .Não faltam peças nem fios .Talvez até seja possível fazê-lo funcionar novamente .
A caixa foi totalmente lixada e envernizada com duas demãos de verniz acetinado Aquaris ,a base de água.
Como a madeira é muito bonita ,optou-se pelo acetinado ,que permite uma melhor visualização dos seus veios .
Ficou mais claro e mais "limpo".Porém não consegui encontrar uma campainha igual à outra,mas continuo procurando para completar a peça .
Consegui apenas encontrar o fio original ,retirado de um outro telefone antigo.