Restaurar é, na minha opinião,fazer com que uma peça qualquer ,seja um móvel, uma antiguidade ,ou um objeto de decoração readquira sua aparência original .Porém esta "aparência original" não significa que a peça em questão vá ficar com aspecto de nova,mas de inteira e bem conservada.As marcas que o tempo e o uso deixaram na peça devem ser preservadas para mostrar exatamente sua história dentro do contexto em que foi usada.
Mudar detalhes estéticos, deixa de ser restauração e tira a identidade da peça .

.

Se você precisar de informações ou dicas sobre o assunto ,envie um e-mail ,para que eu possa te orientar. As perguntas feitas na seção"comentários" às vezes se perdem na hora da resposta.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Um velho baú renovado .



Este velho baú,fabricado na Itália ,tem uma boa história pra contar. Atravessou o oceano Atlântico no final do século dezenove ,e serviu para guardar as roupas de varias gerações de uma família .
Mudou de donos ,e foi envelhecendo, quebrando alguns pedaços ,perdendo a cor e se estragando.Pedaços da folha de Flandres com que foi feito ficaram enferrujados ,e finalmente seu último dono resolveu jogá-lo fora ,pois estava velho e feio ,não combinando com a decoração de seu apartamento.
Quando estava a caminho do lixo ,dentro de um elevador ,minha cliente (que o possui agora ),o viu e perguntou ao dono o que estava fazendo com a peça .Este lhe disse que iria jogar fora .Ela então o pegou e levou para sua casa ,e posteriormente o trouxe para restauração.
Porém ela quis que o baú ficasse com aspecto de velho e desgastado ,mas inteiro.
Eu gostei tanto dele que pus sua foto no cabeçalho do blog.


Esta parte estava totalmente enferrujada ,e sofreu um trabalho de funilaria .Foi recortada uma parte da lâmina de metal e outra foi colada no seu lugar.Foram trocadas também as peças metálicas que faziam o acabamento inferior

Esta foto mostra o mesmo pedaço visto por dentro.Dá para se ver a luz do outro lado .Percebe-se que o interior está bem estragado ,e o papel de forração só tem algumas partes .O restante já se foi com o tempo.

Havia muitas manchas ,e as fechaduras já não funcionavam .Foram desmontadas ,consertadas , e passaram a funcionar perfeitamente.

Depois de lixar tudo ,e pintar com a cor original , foi feito um envelhecimento utilizando ao invés de betume ( produto com o qual não trabalho)o esmalte sintético num tom de marrom lembrando ferrugem .

Não consegui encontrar nenhum papel de forração que se parecesse com o original, então optei por dois tons de azul ,claro no fundo e escuro no tampo . Minha cliente gostou muito dessa opção.

A fechadura reformada foi pintada com um tom de ouro envelhecido .

Agora o velho baú esta decorando o apartamento de minha cliente e causando admiração entre os visitantes de seu lar .

8 comentários:

  1. MARAVILHOSO TRABALHO DOM!
    MAIS UMA VEZ VC SURPREENDE COM SEU TALENTO!
    QUE HISTÓRIA DESTE BAÚ!
    AMEI!! HISTÓRIA E SERVIÇO!!
    PARABÉNS!!


    ABRAÇOS!


    SILVANA

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Dom,
    Que peça maravilhosa. As opções que tomou foram surpreendentes.
    Acredito que nem todos encontrariam soluções dignas para a peça
    como você.
    Parabéns,
    Osvaldo Ururahy

    ResponderExcluir
  3. Olá Dom, você sabe como adoro seu Blog. Algum tempo sigo e divulgo sempre que posso. Seu trabalho é primoroso e muito bonito. Até agora não consegui restaurar nenhuma peça, mas é um de meus objetivos deste ano. Um forte abraço e Parabéns! Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Sonia.
      Restaurar é fácil, é só ter uma peça para restauro e encarar o trabalho.Se precisar de algumas dicas entre em contato pelo e-mail indicado abaixo , que te mostrarei o que fazer .
      Boa sorte .

      Excluir
  4. Olá porque voce não trabalha com o BETUME ? Qual o inconveniente ao se trabalhar com esse material ? Grato pela atenção .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi. Não uso betume porque faz muita sujeira e demora mais para secar ,Os produtos que utilizo fazem o mesmo efeito sem os inconvenientes do betume .

      Excluir
  5. Adorei a restauração do baú e sua história! Tenho um baú similar a esse é gostaria de restaurá - lo também! O sr. conhece algum restaurador na cidade do Rio de Janeiro, onde se encontra meu baú? Flávia Teixeira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flávia .
      Naõ conheço ninguém no Rio que restaure este tipo de peça . Desculpe,mas infelizmente não posso ajudá-la.

      Excluir

Obrigado por sua atenção .Espero que tenha gostado do blog .Se você precisar de informações , dicas ou orçamento de trabalho,envie um e-mail para : dom.moleiro@gmail.com , que prontamente te responderei .