Restaurar é, na minha opinião,fazer com que uma peça qualquer ,seja um móvel, uma antiguidade ,ou um objeto de decoração readquira sua aparência original .Porém esta "aparência original" não significa que a peça em questão vá ficar com aspecto de nova,mas de inteira e bem conservada.As marcas que o tempo e o uso deixaram na peça devem ser preservadas para mostrar exatamente sua história dentro do contexto em que foi usada.
Mudar detalhes estéticos, deixa de ser restauração e tira a identidade da peça .

.

Se você precisar de informações ou dicas sobre o assunto ,envie um e-mail ,para que eu possa te orientar. As perguntas feitas na seção"comentários" às vezes se perdem na hora da resposta.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Clemens Muller semi-nova .


O que sei sobre esta máquina, é que está a muitos anos na família de seu proprietário .Ninguém sabe quando ela chegou mas já passou por algumas gerações da família .

Embora tenha sido bastante usada nestes cento e poucos anos de existência ,esta máquina pode ser considerada semi-nova ,pois está funcionando perfeitamente , e seu movimento é macio e silencioso. Seus donos cuidaram dela com muito cuidado ,e ela chegou ao século 21 ,funcionando tão bem como era originalmente .

Embora alguns decalques tenham se desgastado devido ao tempo e o uso , e estivesse um pouco suja , foi muito fácil limpá-la e recuperar as partes cromadas, que estavam com uma pequena camada de ferrugem .

Nota-se no lado direito dessa imagem uma marcação feita em marchetaria .Este trabalho é uma regua ,e tem exatamente trinta centímetros ,divididos em pequenos pedaços de madeira para marcar cada centímetro .

Aqui dá para se ver a marchetaria recuperada , e os cromados com um novo brilho.

Este decalque na parte traseira é especialmente bonito e delicado , e ficou intacto apesar dos longos anos de uso .A madeira utilizada no gabinete também é muito bonita .

Pronta ,ela ficou assim ,e vai decorar a casa do meu cliente .

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Camas de latão à venda


Uma cliente está vendendo camas de latão que estavam em uma fazenda .Todas em excelente estado .Achei interessante pela qualidade das peças e pelo preço pedido ,e resolvi postar pois considero um bom negócio para quem comprar

As de solteiro ( que são 12 ) serão vendidas por R$ 700,00

A de casal ( única ) custará R$ 1.000,00 . Quem tiver interesse ,entre em contato pelo e-mail : dom.moleiro@gmail.com

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Caixa de relógio Junghans


Este relógio foi do tataravô de minha cliente ,e deve ter chegado ao Brasil no final do século dezenove .Estava ultimamente na casa de seu avô ,e está residência sofreu uma infestação de cupins , atingindo todos os móveis ,inclusive o relógio.

Chegou em minhas mãos num estado lamentável ,pois havia buracos em toda a caixa ,com exceção da parte dos fundos e dos enfeites em cima e embaixo .

Dá pra se ver nesta foto parte dos estrago feito pelos cupins .Eles simplesmente arrasaram a caixa .Pode-se dizer que estas são as fotos mais "publicáveis" ,pois o resto está pior ,muito pior.

Foi necessário preencher algumas partes com pequenos pedaços de madeira e cola ,para deixar a estrutura rígida novamente .

Gastei duas embalagens pequenas de massa F12 para madeira tampando todos estes buracos .

Tinha um vidro lateral quebrado , que foi substituído . O mostrador, embora estivesse escurecido pelo tempo, não foi restaurado ,pois a cliente quis que ficasse como estava .Somente o aro metálico em volta do mostrador foi limpo e polido .

Aqui ele está pronto, na parede da oficina .Foram aplicadas duas demãos de verniz acetinado Poliulac .

Esta foto mostra o relógio já pendurado em seu lugar definitivo no apartamento novo de minha cliente .

terça-feira, 15 de abril de 2014

Divisória de sala .


Esta peça é uma divisória de sala .Originalmente tinha um baú acoplado nesta parte mais baixa.Me foi dada por uma cliente a uns três anos atrás ,e ficou largada na oficina ,esperando que eu tivesse tempo e vontade para restaurá-la .

Como mostra a foto , estava bem feia e suja .Mas apareceu uma cliente que gostou da peça e quis comprá-la .

Aí então, tive de meter a mão na massa e limpar toda a sujeira acumulada, retirando também o verniz antigo que estava bastante grudado na madeira.Foram necessárias duas latas de Tira Tintas ,da Byo Cleaner ,para retirar toda a sujeira e o verniz .Após o Tira Tinta ainda tive que usar lixa nº 60 para completar a limpeza, e depois nº 320 ,para deixar a superfície bem lisa .

Foram aplicadas três demãos de verniz acetinado Poliulac da Sayerlack .Alguns buracos foram tampados com massa F12 para madeira .

Minha cliente quis que a peça ficasse com seu aspecto original inalterado ,e vários "machucados " da madeira foram preservados ,assim como algumas manchas também .

A divisória ficou então com aspecto de coisa antiga ,mas limpa.

Agora a divisória vai ter uma nova "vida" no dormitório desta cliente .

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Cera de alta qualidade .

Sempre que me perguntam sobre o uso de cera sou contra .É um produto frágil e de baixíssima durabilidade ,pois se estraga com umidade e com calor .
Aconselho sempre a clientes e leitores (as) do blog que utilizem verniz em seus móveis devido à maior resistência do produto e ao fato de que após a aplicação,passam-se anos sem que seja necessária uma nova aplicação
As ceras mais conhecidas são feitas à base de cera de abelha e de extrato de carnaúba .
Por ser um produto tradicional e barato,continua sendo usado em larga escala em todo o país.Desconheço como isso funciona no resto do mundo, mas no Brasil o uso do produto é muito elevado .
Mas o mundo evolui ,e alguns produtos também .
Conheci a meses atrás uma cera totalmente diferente ,através do atendente da loja de tintas onde faço habitualmente minhas compras ,e resolvi compartilhar essa informação com vocês ,pois o produto realmente é muito bom.
Este produto é a Cera Resistente W&W . Fabricada pela empresa W&W Química Ltda ,esta cera não contém carnaúba,silicone e outros componentes tradicionais , sendo feita com polímeros químicos a base de água ,sendo portanto ecológica.
É recomendada para restauração de pisos onde existe alto tráfego ( lojas ,edifícios,etc ) e dura meses ,segundo o rapaz que a recomendou.
Posto isto, comprei a cera e fui testá-la . Já que é tão boa e resistente para um piso de madeira ou pedra,num móvel deve durar muito mais,pensei .
Testei então o produto da seguinte forma : peguei uma cadeira de uma cliente que deveria ser envernizada e apliquei três demãos da cera .
Deixei secar por duas horas ,( estava um calor fortíssimo naquele dia )pus a cadeira embaixo do sol e joguei água com um esguicho .
Larguei a cadeira ao sol e fui almoçar ,e quando voltei ela estava exatamente como quando acabei de encerar, brilhante e sem nenhuma mancha.
Repeti de novo a operação e o resultado foi o mesmo .Cheguei então à conclusão que o produto realmente é tão bom quanto falou o atendente da loja ,e apliquei nas cinco cadeiras restantes .
Essas cadeiras ficaram muito bonitas ,a cliente gostou do resultado,e conversando com ela hoje (03/04/14), me disse que embora sejam bastante utilizadas pela família ,o brilho das peças permanece inalterado e não surgiu nenhuma mancha ,nem risco .
Isto me deu certeza da real qualidade do produto, por isso estou divulgando seu nome nesta postagem .Depois dessas cadeiras já apliquei a cera W&W em diversos outros móveis ,e tanto a brilhante quanto a acetinada conseguem o mesmo resultado no acabamento das peças .
Além de sua aplicação ser fácil , apenas passa-se com uma espuma, sua secagem é rápida .
Quero deixar claro duas coisas : só divulgo nomes de produtos que utilizo ,quando tenho certeza que posso recomendá-lo sem problemas ,e também que não ganho nada de nenhum fabricante por divulgar seus produtos .Apenas creio que mostrar bons produtos pode ajudar quem queira fazer determinado trabalho, e não conheça os produtos necessários para o mesmo.