Restaurar é, na minha opinião,fazer com que uma peça qualquer ,seja um móvel, uma antiguidade ,ou um objeto de decoração readquira sua aparência original .Porém esta "aparência original" não significa que a peça em questão vá ficar com aspecto de nova,mas de inteira e bem conservada.As marcas que o tempo e o uso deixaram na peça devem ser preservadas para mostrar exatamente sua história dentro do contexto em que foi usada.
Mudar detalhes estéticos, deixa de ser restauração e tira a identidade da peça .

.

Se você precisar de informações ou dicas sobre o assunto ,envie um e-mail ,para que eu possa te orientar. As perguntas feitas na seção"comentários" às vezes se perdem na hora da resposta.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Problemas com lâmina de madeira .


Tenho uma cliente que faz diversas coisas em artesanato com madeira .Às vezes ela resolve mudar ou restaurar peças de sua casa e quando não dá certo vem me pedir ajuda .
Esta semana apareceu com o seguinte problema : Está restaurando dois criados mudos de seus filhos ,e resolveu trocar a lâmina de madeira do tampo dessas peças .
Comprou uma folha de madeira ,e na hora de aplicar sobre o tampo a folha começou a rachar e se desmanchar .
Ela me trouxe um criado mudo e um pedaço da folha para que eu a ensinasse a aplica-la .
Ocorre que a folha estava muito ressecada ,e quando isso acontece ,a lâmina que é super fina começa a se desfazer quando a manuseamos.
Com o clima super seco que está ocorrendo atualmente em São Paulo ,esse processo fica mais grave .
Qual a solução ?
É bem simples.Pega-se cola branca coloca-se um pouco num recipiente e adiciona-se vinte por cento de água .Mistura-se até ficar uma cola homogênea porém mais líquida que a original .
Passa-se no lado da folha que será colado no móvel e deixa-se secar .
Após a secagem , a cola diluída forma uma película que impede a formação de rachaduras . Depois é só passar cola de contato (Cascola)e aplicar a folha no móvel
pressionando para que não forme bolhas .Usando a cola de contato ,em apenas vinte minutos o serviço estará pronto ,pois ela seca muito rápido .O trabalho também pode ser feito com cola branca ou cola para madeira ,mas com a cola de contato o resultado é melhor .

17 comentários:

  1. Olá, estou AMANDO seu blog! Como você explica tudo direitinho e com tanta dedicação!! Parabéns! Há alguns anos venho "encasquetando" com essa lâmina de madeira que tem nao tampo de meu criado mudo... ela quebrou uns pedacinhos e estava colada em aglomerado. Agora já sei o que fazer, basta comprar outro pedaço da lâmina e aplicar novamente! Muito obrigada! Virei sua nova fã nº1!! Abração!

    ResponderExcluir
  2. Olá Amauri, estou gostando muito do seu blog e, sobretudo da sua humildade em partilhar de suas experiências com restauro. Dificilmente, um profissional do seu timbre, divide ou ensina sua profissão.Acho que nós precisamos de muitos Amauris por aí. Parabéns! Tenho uma dúvida, tenho uma cômoda que era da minha mãe. Confeccionada no final dos anos 70, por isso já não é de madeira nobre, mas um móvel muito bom, pois ainda está inteirona, inclusive com seus 8 puxadores, daqueles de acrílico com desenhos geométricos dentro. Bem, o fato é que eu sempre pensei que ela fosse de fórmica e só há pouco tempo descobri que se trata de uma lâmina de madeira, imitando uma cerejeira, mas com brilho. Uma pessoa me disse que se eu passar Bate Pedra, um produto automotivo, muito usado em assoalhos de carro para aderirem a tinta, eu poderia pintá-la com qualquer tipo de tinta. Vc conhece este produto? Ou tem alguma outra ideia para eu conseguir uma boa fixação de tinta sobre essa lâmina de madeira? Se puder responder por meu e-mail te agradeço. ros_bautista@hotmail.com Obrigada. Rosana

    ResponderExcluir
  3. Adorei suas dicas!!
    Tb tenho mta curiosidade sobre as laminas de madeira. Herdei um rádio daqueles antigos e ele é todo laminado, mas está com os cantos lascados e tive que levantar a lâmina em alguns lugares para colocar cupinicida. Tenho dúvida se devo remover toda a lâmina ou somente uma faixa (onde está lascada)e aplicar uma nova. O que vc sugere?
    Abç, Camila

    ResponderExcluir
  4. Camila, as duas coisa podem ser feitas .Se você conseguir aplicar um "enxerto" ,num pequeno pedaço ficará ótimo.Mas se não der certo , o melhor é arrancar toda a lamina antiga e aplicar uma nova utilizando a cola de contato .
    Se precisar de mais informações entre em contato através do e-mail : dom.moleiro@gmail.com

    ResponderExcluir

  5. olá como vai?Gosto e admiro quem faz este tipo de trabalho,as vezes recupero akgunas coisas,e atualmente tenho uma suporte de aquário em madeira para restaurar,mas não sei como retirar a lamina que já está todo comprometida,vc pode me ajudar?Meu e-mail é lilipq@ig.com.br.
    Obrigada.
    Marli.

    ResponderExcluir
  6. Amauri! Que blog interessante! Parabéns pelo teu trabalho e por passar de forma simples e objetiva informações relevantes a todos que queiram se arriscar no "faça você mesmo". Obrigada! Já salvei na minha lista de favoritos! Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Olá Dom Moleiro, herdei de minha avó uma mesinha de cabeceira que era do enxoval dela, deve ter uns 100 anos. É linda, mas a pessoa que a tinha antes colou um contact florido e eu quero restaurar a beleza do móvel, retirei todo o contact e tentei lixar para dar uma uniformizada e depois passar verniz spray. Só que eu não contava com o fato da cola do contact estar ressecada e grudada. Como eu faço para tirar esta cola? Ela sai lixando mas esta sendo muito dificil. Você tem alguma dica para mim?
    Desde já agradeço qualquer ajuda.
    Abraços,
    Ana Paula Nobre
    Email: anapaulalayon@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Sr Amauri, adorei seu blog. Muito interessante.
    Qro consertar a porta de um bufet q deu uma trincada.Acho q ela é forrada com folha e penso em repetir o forramento p/ fazer o conserto.Pena q estou no Rio, mas vou aproveitar suas dicas.
    Parabéns!!
    att
    Angela

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo trabalho e pelas explicações amigo.

    ResponderExcluir
  10. Olá, primeiramente preciso agradecer por esse blogue, adorei tudo.Segundamente preciso de uma sugestão, tenho uma cristaleira em aglomerado com uma patina, acredito que tenha uma lamina envolvendo esse aglomerado, a questão é que pretendo passar.um removedor e depois pintar com uma tinta efeito de laca. Posso fazer isso? O que poderia me sugerir? Desde já agradecida.

    claudiafg1@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, primeiramente preciso agradecer por esse blogue, adorei tudo.Segundamente preciso de uma sugestão, tenho uma cristaleira em aglomerado com uma patina, acredito que tenha uma lamina envolvendo esse aglomerado, a questão é que pretendo passar.um removedor e depois pintar com uma tinta efeito de laca. Posso fazer isso? O que poderia me sugerir? Desde já agradecida.

    claudiafg1@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Claudia .
    Pode pintar sim ,mas não passe removedor,utilize uma lixa ,pois o aglomerado pode se desmanchar se ficar umedecido pelo removedor .
    Quando úmido ,ele incha e se desfaz . Isso estragaria seu trabalho . Depois de lixar um pouco, removendo a camada superficial da pátina ,dá para aplicar tinta por cima. Não é necessário deixar na madeira pura ,pois a tinta tem uma espécie de cola que ajuda a agarrar na superfície mesmo com restos de outra tinta. Use esmalte sintético comum ou esmalte sintético a base de água . Os dois poserão atender sua necessidade. .

    ResponderExcluir
  13. Tenho dúvidas referente ao acabamento. Depois de o laminado colado com cola de contato. A mesma estando lixada pra disfarçar a emenda. Posso aplicar verniz? Tenho receio de que a quimica do verniz faça a descolagem ou deixar o laminado enrrugado. Isso procede?.Obrigado e Parabéns.

    ResponderExcluir
  14. Oi Hamilton . Depois de aplicada a lâmina é necessário aguardar 24 horas para que a cola "cure" o suficiente ,e só então aplicar o verniz . Se aplicar logo em seguida vai enrugar tudo .

    ResponderExcluir
  15. Olá Amauri !
    Continuo me aventurando em trabalhos com colagem de folha de madeira. Estou adorando.
    Bom... estou iniciando um projeto audacioso e gostaria de saber com vc se é viável.
    Tenho guitarras. Estou com vontade de forrar uma antiga que uso pouco com umas sobras de folha de imbuia que tenho em casa. A guitarra tem ondulações.
    Vc vê a possibilidade de dar certo ???
    No caso de uma superfície ondulada, como se faz a colagem perfeita do laminado natural ??
    Estou caçando informaçoes na internet sem sucesso.
    Obrigada pela sua atenção !!

    ResponderExcluir
  16. Oi Leo.
    Se as ondulações forem paralelas é fácil colar a lâmina com a cola de contato ,mas se for uma superfície cheia de altos e baixos a coisa fica mais difícil. A única maneira de saber se dá certo é meter a mão na massa e fazer . Caso dê problemas desfaça e tente outra vez.

    ResponderExcluir
  17. Ola, sua explicação me ajudou bastante pois estou restaurando o tampo de uma mesa e a lamina de madeira natural esta apresentando rachaduras. Abc

    ResponderExcluir

Obrigado por sua atenção .Espero que tenha gostado do blog .Se você precisar de informações , dicas ou orçamento de trabalho,envie um e-mail para : dom.moleiro@gmail.com , que prontamente te responderei .